TEATRO INCLUSIVO

 

Já por mais demonstrado em várias análises experienciadas do impacto do teatro, no desenvolvimento do individuo com deficiência mental (DM) em áreas como são a aprendizagem, o civismo, a auto-estima, o auto-conceito, a criatividade e a inclusão, em contexto normalizante.


 

Descobriu-se que o recurso ao teatro, enquanto estratégia lúdico-pedagógica e inclusiva, vai para além de meras tentativas isoladas, permitindo que a experiência dramática possa ser vivenciada pelo deficiente mental.

       
 

Beneficiando desta forma o seu desenvolvimento, trazendo-lhe satisfação pessoal, ampliando-lhe o campo vivencial, favorecendo a sua integração social, e o envolvimento positivo da sua família.

 
       
 

Promove até, novos caminhos para uma eventual incursão no meio laboral.